menu
close_24px

Instituto Cooperforte triplica apoio a projetos sociais com o Bússola

O Instituto Cooperforte evoluiu seu investimento através da automação dos processos. Parceria é realizada há cinco anos 

Abandonar processos manuais e morosos. Este é o principal avanço que o Instituto Cooperforte identifica com a implementação do sistema Bússola na organização. É o que explica o assessor do Instituto, Rômulo Alves Santos: “Esta percepção de ganho é muito clara. Conseguimos cobrir mais locais e, por meio dos dados, ter a real noção do que está acontecendo em cada uma das ações”. 

O Instituto Cooperforte tem sede em Brasília, mas atua há 19 anos em todo o país, com projetos de capacitação e inserção no mundo do trabalho. Assim, diretamente alinhado com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) de educação de qualidade (ODS 4) e trabalho decente e crescimento econômico (ODS 8), além de colaborar de forma indireta com outros, como de igualdade de gênero (ODS 5). 

As qualificações compreendem diversas áreas, a exemplo de beleza e estética, moda e vestuário, empreendedorismo, gastronomia, tecnologia e comunicação. 

Aumento no número de projetos apoiados pelo Instituto Cooperforte

A parceria com a Bússola iniciou em 2017. Até então, o Instituto Cooperforte dava apoio de 16 a 21 projetos anualmente. A ferramenta possibilitou um aumento significativo: no ano seguinte, o edital já previa o apoio a 52 projetos. 

Isso foi possível porque o sistema foi inicialmente adaptado às necessidades específicas do Instituto. Em virtude das particularidades do trabalho de qualificação e inserção no mercado de trabalho, como controle de presenças em aulas e conteúdo de módulos. 

O presidente do Instituto Cooperforte, José Rogaciário dos Santos, detalha que os processos compreendem desde a publicação do edital, recepção de projetos, seleção, implementação e encerramento. Neste caminho, destaca Rogaciário, o Bússola é essencial. 

“Olhando para 10 anos atrás, vemos como nossa produtividade mudou, como a qualidade do nosso trabalho foi aprimorada na medida em que a gente passou a utilizar a plataforma do Bússola”  (José Rogaciário dos Santos) – Presidente do Instituto Cooperforte 

Entidade apoiada pelo Instituto Cooperforte também passou a ser cliente Bússola 

A Associação de Valorização e Apoio ao Ensino Profissionalizante (Avamep) é uma das entidades apoiadas pelo Instituto Cooperforte – já contemplada em três editais.

Turma de formando 2021 – https://www.avamep.org.br/formaturas

A associação atua principalmente com Jovens Aprendizes com formação e inserção no mercado de trabalho. Os trabalhos são realizados em Piumhi (MG) com muitos resultados positivos em seus 12 anos de existência. 

“Temos muitas histórias de inserção e evolução, como de atendidos que iniciaram como Jovem Aprendiz e que hoje estão na gerência de empresas” (Lilian Cristina da Silva Faria Vasconcelos) – Coordenadora administrativa da Avamep

Foi por meio do apoio do Instituto Cooperforte que a Avamep conheceu o sistema Bússola. Segundo a coordenadora administrativa da Associação, a equipe percebeu que a plataforma possibilita concentrar e organizar as informações, assim como fornecer dados precisos e garantir que eles não se percam. Além disso, afirma, é possível acompanhar os atendidos de forma mais personalizada. 

Meios para mudar vidas 

O presidente do Instituto Cooperforte explica que a organização foi criada com o objetivo de ampliar o alcance das iniciativas sociais da Cooperforte, sua mantenedora, e com base em um dos princípios do cooperativismo: o interesse pela comunidade. 

A inserção no mercado de trabalho transforma vidas e os impactos vão além dos atendidos diretamente. “Ao ingressar no mercado de trabalho, a pessoa atendida colabora com melhorias para toda a família”, comenta Rômulo. Lilian, da Avamep, faz a mesma avaliação, destacando que a geração de renda gera impactos positivos para familiares e toda a comunidade. 

O Instituto Cooperforte em números 

  • 19 anos 
  • Mais de R$ 24 milhões financiados em projetos
  • Mais de 300 projetos apoiados
  • Mais de 90 mil pessoas atendidas